Fundada em 1998, a Porto de Cultura é uma empresa responsável pela curadoria e organização de exposições, edição de livros de fotografia, publicações editoriais, eventos e seminários sobre artes visuais. Seu maior diferencial é agregar a fotografia brasileira aos projetos que desenvolve.
Inúmeros projetos foram realizados com a participação de fotógrafos como Bob Wolfenson, Cássio Vasconcellos, Lightgraff Collective (França), Luiz Braga, Maristela Colucci, Mario Cravo Neto, Pedro Lombardi (França), Oscar Muñoz (Colômbia), Ricardo de Vicq, Rogério Reis, entre outros.

 

A Porto de Cultura representa um exclusivo grupo de fotógrafos formado por Allan Cunha, Eduardo Salvatore (1914-2006), Fotoklub Zagreb (Croácia), Gisele Martins, Léu Britto, Marcos Prado, Rogério Vieira, Valdir Zwetsch e Yan Boechat.

 

Com olhar atento e cuidadoso para o diálogo entre a produção de seus artistas e instituições brasileiras e estrangeiras, a Porto de Cultura desenvolve projetos artísticos, encontrando novos públicos, ampliando seus nichos comerciais e culturais, perpetuando a narrativa da fotografia como arte.